EXCLUSIVO! Homem que matou sogro com facada é preso

12/04/2018 09:58:00
O homem se apresentou à Polícia Civil na terça-feira para prestar depoimento com seu advogado e, ontem, foi preso preventivamente

O Jornal Vale Alternativo conversou na terça-feira com o advogado do homem que teria matado o próprio sogro com um golpe de faca em uma festa em Indaial no último final de semana.

 

O advogado Diego Valgas explica que o seu cliente compareceu na delegacia voluntariamente para ser interrogado. 


"Assim que fui contatado pela família de meu cliente, já o orientamos a comparecer na delegacia. Meu cliente se encontra extremamente abalado. E desde então está recebendo ameaças veladas. As informações que possuímos são preliminares. Há, no momento, apenas a versão apresentada pela filha e pela namorada do falecido. Segundo contou meu cliente, o sogro tinha histórico de violência, com diversas passagens policiais. Apesar disso, ambos possuíam boa convivência. E, naquela noite, dentro do salão, o sogro o agrediu por três vezes, após o genro ter convidado a namorada da vítima para dançar. Com isso ele decidiu ir embora para evitar mais problemas. Já no estacionamento, quando chegou em seu veículo, foi interpelado pelo sogro, que saiu do baile e o seguiu até o carro, falando em tom alto  e partindo para cima do genro. E foi nesse contexto que, por um ato de defesa, resultou esse evento lamentável" Afirma o Advogado Diego Valgas


Ontem, dia 11/04, o homem foi preso preventivamente.

Relembre o caso


Por volta das 23h31min desse sábado na Rua Santa Luzia, Bairro Estradinha em Indaial a guarnição da Polícia Militar foi acionada via Central Regional de emergência para atender ocorrência onde um masculino havia sido vítima de ferimento por arma branca durante um baile que se realizava no local.


Ao chegar a vitima não se encontrava mais no local, os policiais fizeram contato com os bombeiros, estes informaram ter ocorrido um esfaqueamento sendo identificado a vítima de iniciais M.B que estava com ferimentos gravíssimos e havia sido conduzida ao hospital para atendimento, o autor do fato segundo relatos de testemunhas e familiares seria o genro da vitima, que se evadiu do local.

Imagens


  • Autor: Imagem Ilustrativa