Detento é assassinado no Presídio Regional de Blumenau

02/01/2018 09:50:00
Vítima de 22 anos sofreu enforcamento e perfurações segundo informações da unidade prisional

Um detento de 22 anos foi morto na madrugada desta segunda-feira, no Presídio Regional de Blumenau. O crime ocorreu na galeria F1, que tinha 21 detentos no momento do homicídio. Cristiano de Souza Schaadt teria sido assassinado por dois outros detentos. Segundo informações da equipe do presídio, ele foi enforcado com uma corda improvisada pelos presos e também sofreu perfurações pelo corpo com um pedaço de ferro arrancado da parede pelos apenados.

 

Ainda conforme informações do presídio, o crime teria ocorrido por volta da meia-noite, aproveitando o barulho dos fogos de artifício da virada de ano. O corpo, no entanto, só foi encontrado na manhã desta segunda-feira, durante a revista das celas. Os dois detentos que inicialmente teriam assumido o assassinato prestaram depoimento à tarde na Central de Plantão Policial, no bairro Garcia, e devem ser transferidos para local ainda indefinido.


Os dois suspeitos do crime eram presos provisórios e aguardavam julgamento por casos de homicídio e assalto. Já Cristiano, segundo dados da Polícia Civil, estava preso por suspeita de assassinar uma professora, mãe da namorada dele, em 2015. Ele também aguardava julgamento. Este foi o primeiro homicídio do ano registrado em 2018.


A reportagem tentou contato com o delegado responsável e a assessoria do Deap e da Secretaria de Justiça e Cidadania, mas não obteve retorno até as 18h.

Fonte: JSC

Imagens


  • Autor: Imagem ilustrativa