Auditoria na Saúde aponta mais uma suposta ilegalidade em horário de médico

07/12/2017 10:14:00
Além de mais um caso do não cumprimento de horário, outros fatos estão prestes a vir a tona, entre eles, o envolvimento de um ex político que usava do esquema fura fila no SUS

Há anos o Jornal Vale Alternativo vem denunciando casos com provas concretas em todos os setores públicos, e um dos setores que a anos vem sofrendo com essas denúncias é o da saúde pública em Indaial, talvez por envolver um grande número de profissionais e uma grande demanda de trabalho.

 

Esse ano já foram várias denúncias, mas em todas, o prefeito assim que as recebeu já encaminhou para abertura de processo administrativo, pois todos os casos devem ser investigados e se comprovados, devem ter a devida punição aos envolvidos.


Desde o começo do mandato do prefeito André Moser, vários casos foram levantados, e todos, o prefeito exige que sejam abertos processos administrativos para levantar os fatos e punir quem quer que seja. André Moser declarou: "Meu governo será pautado na transparência e na legalidade, não deixaremos jamais de apurar os fatos denunciados, vários processos administrativos estão em andamento, e assim que apurados todos os fatos, tomarei as medidas pedidas em cada processo, cada servidor é responsável por seus atos, cabe a eles o direito de defesa ".

 

Referente ao caso que surgiu na imprensa de um médico que não cumpria horário, Moser declarou: "Recebi a denúncia e no dia seguinte já encaminhei para abertura do processo administrativo, porque em meu governo não vou proteger ninguém"


Foi noticiado que este caso teria várias denúncias, mas a informação não confere, a única denúncia seria do cumprimento do horário, existe mais casos sendo apurados em auditoria na saúde, e um caso que logo deve estar concluído é de um ex-político Indaialense envolvido em um esquema de fura fila na saúde, entre favorecimento em cirurgias, falsificação de endereços em cidades da região para abrir portas em outros hospitais e ganhar agilidade nas cirurgias.


Outro caso que está prestes a vir à tona é de  um partido político da região em que seu atual presidente pagou, para ser beneficiado em cirurgia do SUS, ainda por meio da política, foi agraciado por uma prótese vindo diretamente do estado, inclusive, esse já esteve prestando esclarecimento na polícia federal sobre esse caso.


Logo com o término dessa auditoria muitas surpresas e novidades podem aparecer para a população do Vale do Itajaí.

Imagens