Em viagem sigilosa, Colombo pediu ajuda financeira a Temer

07/12/2017 09:06:00
Temer garantiu liberação de R$ 100 milhões para o Profisco e R$ 700 milhões para o Fundam.

Governador Raimundo Colombo(PSD) realizou viagem sigilosa a Brasília, acompanhado do vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB). Foi solicitar “help” do presidente para socorrer as finanças do Estado. Recebeu a informação da equipe econômica de que o governo está no limite e que não há mais espaços para novos empréstimos. Temer garantiu apenas a liberação de R$ 800 milhões, sendo R$ 100 milhões para o Profisco e R$ 700 milhões para o Fundam.

        

Intervenção              
Publicada nos jornais edital de convocação da assembleia geral extraordinária dos policiais civis vinculados ao Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina-Sinpol. A ordem do dia prevê "destituição da atual diretoria, inelegibilidade dos dirigentes afastados e nomeação de um interventor para encaminhar o processo eleitoral e realizar uma auditoria contábil no Sindicato". A assembleia será amanhã, às 20h, na Assembleia Legislativa.       

      

Inquérito             
Os organizadores da assembleia extraordinária do Sinpol acusam a atual diretoria de falta de transparência, falta de prestação de contas e outras irregularidades. Citam inquérito instaurado pelo Ministério Público Estadual, por meio do Gaeco. O presidente do Sinpol, Anderson Amorim, diz que a assembleia é ilegal e que vai entrar com ações na Justiça contra os líderes do movimento, pedindo indenização por danos morais.          

Imprensa
Mais de 300 profissionais de comunicação de todo o Estado deverão participar sábado da confraternização de fim de ano organizada pela Associação Catarinense de Imprensa. O evento que se realiza todos os anos antes do Natal acontecerá na sede balneária da OAB-SC, na Cachoeira do Bom Jesus. Eletrodomésticos e prêmios oferecidos por empresas catarinenses serão sorteados entre os presentes.               

Cepon           
Centro de Pesquisas Oncológicas-Cepon, de Florianópolis, recebeu R$ 1 milhão do Ministério da Saúde para compra de equipamentos e sua manutenção. A verba foi liberada graças à intervenção do senador Dário Berger(PMDB) junto ao ministro Ricardo Barros. Ele alegou a necessidade de continuidade da assistência humanizada que o Cepon presta aos pacientes com câncer atendido pelo SUS.

Fonte: JSC

Imagens


  • Autor: Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS