Obras de recuperação na BR-470 apresentam problemas após chuvas

03/02/2021 08:34:00

Após meses de obras e lentidão, o trecho da BR-470, que passou por trabalhos de recuperação, entre Apiúna e Lontras, voltou a apresentar buracos. O trecho, entre os KMs 111 e 119, foi entregue no ano passado, mas apesar do pouco tempo o trecho já apresenta buracos e desníveis em vários pontos da via. Para quem precisa utilizar a rodovia diariamente, a situação é vergonhosa.

 

De acordo com levantamento da jornalista Sindréia Nunes, da Rede Vale Norte de web TV, as obras de fresagem e recuperação do asfalto no local, tiveram um custo de aproximadamente R$ 20 milhões.


Segundo informações repassadas pelo Denit à redação, os buracos na via foram ocasionados em razão das fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias. O chefe da unidade local do DNIT em Rio do Sul, Cristhiano Zulianello dos Santos, informou que a obra tem garantia, e a empresa que executou o serviço fará a recuperação do local.


Ainda na quinta-feira, dia 28, na via recebeu serviços de tapa-buraco paliativos, visando amenizar o problema. De acordo com informações, o período chuvoso impede que o serviço de recomposição asfáltica seja realizado.


O trecho entre os KMs 111 e 119 foi um dos mais custosos das obras de restauração, com o valor de R$ 2 milhões por quilômetro. Por conta do alto valor, o Denit alegou restrições orçamentárias. A licitação para as obras foi realizada em 2012.


Os trabalhos de recuperação de um trecho total de 228 quilômetros, entre Indaial e Campos Novo, iniciaram em 2013. Até o momento foram feitos 128 quilômetros e o trecho de Ibirama deve acontecer em 2021.

Fonte: Jornal Vale do Norte

Imagens