Homem que usou panela de pressão para matar amigo é condenado a 15 anos de prisão

12/02/2020 20:53:00
Autor e vítima estavam bêbados e consumindo drogas quando o crime ocorreu

Um homem morador de Lages foi condenado a 15 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por homicídio qualificado, nesta terça-feira, dia 11. Conforme a Justiça, ele usou a panela de pressão da mãe para golpear a vítima, em 2018. Naquele dia, o réu e a vítima estavam bêbados e tinham consumido droga.

 

 

A briga teria começado por conta do término do entorpecente. Com uma panela de pressão e pedras, o homem de 32 anos foi atingido na cabeça e morreu no local. Em três depoimentos, o acusado deu versões contraditórias.

 

Neles, alegou legítima defesa. Para a promotoria de justiça, a tese não se sustenta porque a vítima, além de estar em desvantagem fisicamente, não possuía arma, e o laudo pericial diz que ela percorreu uma distância de 14 metros sob agressões.

 

O nome do réu aparece em 26 boletins de ocorrência. Ele é acusado de outro homicídio, cometido um ano depois do crime julgado nesta terça. Outro processo que está na fase de instrução trata de tentativa de homicídio, em que os acusados são ele e o irmão. A vítima também foi ré em processo de homicídio, mas nele acabou absolvida pelo juízo por legítima defesa.

Fonte: OESTE MAIS

Imagens