Homem que gravou vídeo batendo nas filhas se apresenta à polícia

27/11/2019 17:41:00
O homem que gravou um vídeo em Indaial batendo na filha e na enteada se apresentou à delegacia de Polícia Civil do município na tarde desta quarta-feira (27).

Segundo o delegado Romildo Parmo, que comanda a investigação, o homem fez o vídeo para mostrar indignação com a segunda gravidez da enteada, de 17 anos. Mas de acordo com o relato das meninas aos policiais, foi a primeira vez que ocorreu esse tipo de agressão.

O agressor compartilha a guarda de três meninas com a ex-esposa. Elas têm 17, 13 e 11 anos de idade. O bebê que aparece em uma cena no vídeo é filho de uma das meninas. Uma das três adolescentes gravou a cena no celular.

De acordo com a polícia, o homem afirmou que só falaria sobre o incidente em juízo e foi liberado. Agora será formulado um inquérito que será encaminhado ao Poder Judiciário.

O homem deve ser acusado por crime de tortura e lesão corporal, segundo o delegado de polícia. Em 2014, ele já respondeu por uma acusação de ameaça à esposa.

Fonte: Rádio Cultura 92,1 FM

Imagens


  • Autor: divulgação