Carta de despedida é deixada por homem antes de matar esposa, filha e cometer suicídio

07/11/2019 07:56:00
Corpos da família foram encontrados dentro de apartamento no município de Chapecó

Uma carta de despedida foi deixada por Michael Ribeiro Lopes de Gois, de 32 anos, suspeito de matar a esposa Eliane Mayeski de Gois, de 28 anos, e a filha Elisa Mayeski, de apenas três, e depois cometer suicídio em um apartamento na Avenida São Pedro, no Bairro Pinheirinho em Chapecó. Os corpos da família foram localizados nesta quarta-feira, dia 6.

 


A carta foi divulgada no final da tarde desta quarta pelo portal Chapeco.org, que informou ter obtido o documento com exclusividade. A Polícia Civil de Chapecó confirmou a veracidade da carta, relatando ter instaurado um inquérito para investigar as circunstâncias das mortes.

 

“A Polícia Civil confirma a existência do documento em questão, porém não o divulgou e nem coaduna com a sua divulgação, até por respeito aos familiares da vítima”, disse a instituição em uma nota oficial.

 

Com a mesma intenção, o Oeste Mais editou a matéria publicada inicialmente e retirou as informações sobre o conteúdo da carta, respeitando a família e evitando qualquer prejuízo ao andamento das investigações.

De acordo com a Polícia Militar, Eliane foi encontrada morta em cima da cama, com um tiro nas costas. A bala saiu pelo seio direito e se alojou no antebraço direito. A criança foi atingida nas costas. O corpo estava no berço. Já o homem foi encontrado sentado no chão, escorado na parede, com um tiro na cabeça. Um revólver de calibre 38 havia ao lado da mão direita de Michael.

 

Baseado em depoimentos de familiares, o jornal Diário do Iguaçu informou que a família morava no apartamento há cinco anos. Vizinhos teriam estranhado que o carro da família ainda estava na garagem e colegas de trabalho também perceberam que eles não apareceram para trabalhar. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Oeste Mais

Imagens


  • Autor: ronda policial