Mãe e filha são presas suspeitas de entrarem em presídio de SC após engolirem bexigas com drogas

01/11/2019 08:47:00
Outra filha, de 17 anos, também é suspeita e foi autuada por ato infracional. Mulheres entregavam entorpecentes para parentes na unidade prisional, segundo Polícia Civil.

Uma mãe e uma filha foram presas suspeitas de entrarem no Presídio da Canhanduba, em Itajaí, após engolirem bexigas com maconha e cocaína. A filha mais nova, de 17 anos, é suspeita do mesmo crime e foi autuada por ato infracional. A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o caso nesta quarta-feira (30).


Investigação

De acordo com a investigação, a mãe, de 45 anos, e as filhas de 22 e 17 colocavam as drogas em bexigas de aniversário e as engoliam. Dentro do presídio, entregavam os entorpecentes para um homem de 19 anos, filho da mulher de 45 anos e irmão das demais. Ele e um primo, de 24 anos, vendiam as drogas dentro do presídio.

A mãe e a filha maior de idade foram presas temporariamente por associação para o tráfico em 18 de outubro. Os dois homens já estavam presos, mas tiveram mandados de prisão cumpridos contra os dois na mesma data.

O delegado Vicente Soares, responsável pelo caso, explicou que "eles vão ser processados por esse novo crime e, se condenados, a pena imposta se somará à pena que eles já estão cumprindo. Mas nós pedimos a prisão preventiva deles também para que eles não sejam soltos antes do fim desse novo processo".

A adolescente, por ser menor de idade, foi autuada por ato infracional análogo à associação criminosa para o tráfico de drogas.

Fonte: G1 SC

Imagens


  • Autor: Foto: Polícia Civil/Divulgação