Projeto Crescer e Semear inicia etapa de sensibilização com alunos da rede municipal de Indaial

16/10/2019 11:13:00


Secretaria de Educação de Indaial iniciou neste ano a implantação do Projeto Crescer e Semear, idealizado pela empresária e consultora especializada em gastronomia saudável, Lidiane Barbosa. A proposta é inserir alimentos mais saudáveis e nutritivos à merenda escolar.


A primeira etapa começou em junho com a aplicação de oficinas com agentes educacionais das Escolas Municipais e Unidades de Educação Infantil, ministradas por Lidi e sua equipe. Nos encontros há demonstrações de como preparar alimentos mais saudáveis e como planejar o cardápio escolar dentro das possibilidades do que já é oferecido aos alunos na merenda.


Paralelo à realização dessas oficinas, Lidiane começou na sexta, 11 de outubro, a segunda etapa do Projeto, agora com os estudantes. O foco é mostrar sobre o preparo dos alimentos e a importância de uma alimentação saudável. A primeira turma a ser atendida foi a da EBM Encano Central.


Participam dessa fase, que terá continuidade em 2020, cerca de 600 alunos da rede, entre Educação Infantil e Ensino Fundamental, mapeados pela Secretaria. Com estudantes de 4 a 10 anos, Lidi e sua equipe vão trabalhar a oficina mão na massa, contemplando um bate-papo descontraído no início do encontro e a produção de uma receita com os alunos. O preparo na EBM Encano Central foi de um pão de queijo falso, usando na sua composição a batata-doce. Já para os alunos maiores de 10 anos, a didática será através de palestras, bate-papo, contação de histórias sobre educação alimentar, nutricional e ambiental.


A terceira etapa acontecerá em 2020 e contemplará um trabalho de conscientização da família, com base no Elo: Escola, Alunos e Família. O objetivo é que os ensinamentos do projeto tenham continuidade, não limitando-se apenas à escola. Primeiro os encontros acontecerão com os alunos para que eles ajudem a estimular seus pais a também adotarem hábitos mais saudáveis.


Para 2020, a Secretaria tem como proposta o planejamento de outros insumos na merenda escolar para que aos poucos possam ser substituídos os ingredientes. Uma das ideias é colocar em prática o “Segunda sem carne”. Indaial será uma das primeiras cidades a implantar essa proposta diferenciada. Neste ano Lidiane já começou a conversar com as merendeiras sobre a importância do movimento e as alternativas encontradas em outros alimentos para substituir as proteínas presentes na carne.


Para o secretário de Educação, Jairo Gebien, Indaial caminha para ofertar ainda mais qualidade nutricional nas refeições escolares. “Nós temos uma grande preocupação com o oferecimento de uma alimentação mais saudável, desde o manuseio, qualidade dos insumos e preparo dos alimentos, assim como uma educação nutricional para nossas crianças. Essa parceria está somando positivamente ao trabalho já desenvolvido na rede”, pontua.

Fonte: Prefeitura de Indaial

Imagens