Servidora da Justiça desaparecida há mais de um ano é resgatada de cárcere privado em SC, diz TJ

07/06/2019 08:23:00
Mulher foi achada em cubículo em Itajaí. Segundo TJSC, ela foi mantida no local pelo namorado. Ele foi preso.

Uma servidora do fórum de Itajaí foi resgatada após mais de um ano desaparecida. Segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), ela foi encontrada em um cubículo na cidade, onde era mantida em cárcere privado pelo namorado. O homem foi preso. A vítima foi achada na quarta-feira (5).

O resgate foi feito pela Divisão de Inteligência do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do TJSC, que possui policiais e que atua na segurança dos servidores do Poder Judiciário.

Investigações

A servidora era técnica judiciária auxiliar. Em janeiro de 2018, ela tirou férias e não retornou mais ao trabalho. O TJSC entrou em contato com a Divisão de Inteligência, que fez a investigação. Houve interceptação telefônica, quebra de sigilo bancário, busca e apreensão, entre outras ações. As investigações duraram até agosto de 2018 e foram suspensas por falta de informações.

Na terça (4), um vizinho do cubículo onde a servidora e o namorado dela estavam entregou a uma juíza de Itajaí uma carta escrita pela vítima, que pedia ajuda. O delegado Mauro Rodrigues, chefe da Divisão de Inteligência, afirmou que a servidora foi encontrada debilitada, fora de si e que o local estava em péssimas condições de higiene.

Ele disse que a servidora teria sido manipulada pelo namorado, que a fez acreditar que precisava ficar escondida porque era perseguida pela polícia e por políticos. O delegado disse que o suspeito e a vítima estavam transtornados e falavam o tempo todo em perseguição.

A servidora era dependente química e já havia tentado tratamento contra esquizofrenia, conforme Rodrigues. A Divisão de Inteligência acredita que o namorado agravou o quadro dela. O suspeito foi preso em Itajaí.

A servidora foi levada ao Instituto Psiquiátrico de São José, na Grande Florianópolis, onde foi internada. A família dela é de Maravilha, no Oeste catarinense.

Fonte: G1 SC

Imagens


  • Autor: Reprodução