Indaial participa da Assembleia Mensal da Instância de Governança do Turismo

15/03/2019 15:09:00


Os representantes do setor de Turismo da Prefeitura de Indaial, Rogério Wilson Theiss e Tatiane Viana Mota, participaram nessa terça, 12 de março, da Assembleia Mensal da Instância de Governança – Região Turística Vale Europeu. O encontro ocorreu no auditório do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi), em Timbó, ereuniu representantes de 12 cidades das 19 que compõem a entidade.


A Instância de Governança é uma entidade com representantes do poder público, iniciativa privada, terceiro setor e sociedade civil organizada com o papel de desenvolvimento da região turística e da organização, coordenação e gestão da Região Turística Vale Europeu.


Na pauta da Assembleia esteve a apresentação dos objetivos da Instância de Governança para 2019. Cada cidade trouxe para a reunião cinco objetivos que pensam como fundamentais para o turismo na região. Agora, a Instância irá elencar os principais objetivos que nortearão o trabalho da entidade.


Outro tema abordado foi a participação da Instância de Governança na 34ª Feira de Negócios Turísticos Ugart/Braztoa, nos dias 29 e 30 de março, em Porto Alegre (RS). O turismólogo Ademir Moraes, da Prefeitura de Brusque, irá para a capital gaúcha representando a Instância e fará uma apresentação de 6 minutos sobre o que o Vale Europeu pode oferecer às agências de viagens que estarão no evento.


Mais sobre a Instância de Governança – Região Turística Vale Europeu


Participam da Instância os municípios de: Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Blumenau, Botuverá, Brusque, Canelinha, Doutor Pedrinho, Gaspar, Guabiruba, Indaial, Luiz Alves, Major Gercino, Nova Trento, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio, São João Batista e Timbó.


A presidente da Instância é Cíntia Mara Panini, de Benedito Novo, acompanhada pela vice-presidente Arlete Regilene Scoz, que também é gestora de serviços do Setor de Cultura, Esporte e Turismo do Cimvi.


Para o município fazer parte de uma Instância é preciso integrar o mapa de regionalização turística, que segue uma série de requisitos como: Conselho Municipal de Turismo ativo; dotação orçamentária específica, órgão oficial de turismo e possuir prestador de serviço turístico cadastrado no Cadastur.

Foto: Cimvi

Fonte: Prefeitura de Indaial

Imagens