Ibirama é primeiro município da região a oferecer o Cartão Cidadania

16/12/2018 10:09:00

Este cartão vai nos possibilitar uma nova vida. Teremos a liberdade de comprar o alimento que nos falta, mais perto da nossa casa. Poderemos até comprar uma bolacha para nossos filhos, que muitas vezes nos pedem e não temos condição de dar”.


Estas são as palavras de Maristiane Heusser, que representou os usuários de benefícios eventuais da Secretaria de Assistência Social e Habitação de Ibirama, durante o ato de entrega do Cartão Cidadania, que foi realizado na tarde de quinta-feira (13), no salão da Comunidade Evangélica Luterana de Ibirama.

O município foi o primeiro da região do Alto Vale do Itajaí a implantar a nova ferramenta de gestão de políticas sociais. De acordo com o secretário de Assistência Social e Habitação, Filipe Ponchielli dos Reis, o Cartão Cidadania permitirá que o usuário do serviço tenha maior autonomia ao adquirir produtos alimentícios, conforme as necessidades.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“O cartão substituirá a entrega das cestas básicas. Antes o beneficiário tinha dificuldades para transportar esses alimentos até suas casas, e muitas vezes, o que continha na cesta básica não supria algumas necessidades, como leite, carne, entre outros. Sem dúvida, essa nova ferramenta resultará em melhor qualidade de vida para essas pessoas que estão passando por dificuldades momentâneas”, explicou o secretário. Produtos como bebidas alcoólicas e cigarros não poderão ser adquiridos.

Anteriormente ao uso da nova ferramenta, a Prefeitura abria um processo licitatório para fornecimento de alimentos. As famílias com autorização emitida pelo corpo técnico da Secretaria, faziam a retirada da cesta básica pronta, sem poder optar pelos itens. Os Benefícios Eventuais são previstos pela Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) e oferecidos pelo município às famílias mais fragilizadas, que não possuem condições de sustento.

A empresa fornecedora do Cartão Cidadania, tem a obrigação de credenciar no mínimo cinco estabelecimentos comerciais no município, por áreas estratégicas que se dividem entre os bairros Centro, São Miguel, Dalbérgia, Progresso e Ponto Chic. A intenção é assegurar o acesso do beneficiado aos bens, em estabelecimentos que sejam próximo a residência da família.

O prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, destacou a implantação do Cartão Cidadania, que permitirá maior liberdade aos beneficiários do programa.

“A Prefeitura não precisa definir os produtos e nem as marcas que o beneficiário poderá comprar, pois o cartão oferece essa flexibilidade de escolha. O uso também será acompanhado pelo pessoal da Secretaria de Assistência Social, para que o uso seja feito sempre de forma correta”, pontuou.

Fonte: Diario Alto Vale

Imagens