Trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau fazem paralisação na manhã desta quarta-feira

05/12/2018 07:54:00
Segundo Sindetranscol, manifestação vai seguir até as 7h da manhã

Quem precisou utilizar o transporte coletivo na manhã desta quarta-feira ficou sem o serviço. Os motoristas e cobradores cruzaram os braços a partir das 5h da manhã.

Segundo o Sindetranscol a paralisação vai seguir até as 7h. Às 10h o sindicato vai dar uma entrevista coletiva na sede para falar sobre os próximos passos dessa campanha salarial, que culminou com esta paralisação.

Os servidores pedem aumento real de 5%, além da inflação de 4%. A Blumob, por sua vez, se compromete apenas com a reposição do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O trabalhador da construção civil Rosemiro da Costa foi um dos usuários do transporte público afetado pela paralisação. Ele conta que saiu de casa cedo no bairro Garcia pra pegar o ônibus no Terminal da Fonte para o local de trabalho na Velha, mas foi surpreendido pela falta de transporte.

– Tinha que estar às 7h no trabalho e agora vou ter que esperar aqui no terminal – conta.

A bordadeira Eva Cardoso Dos Santos, 57 anos, é moradora da Itoupava Central e foi até o ponto de ônibus na BR-470 às 3h50min. Como não passou nenhum ônibus ela teve que pegar carona até o Terminal do Aterro. A trabalhadora teria que estar às 5h da manhã na empresa que trabalha, no bairro da Velha, mas devido a paralisação ela vai ter que aguardar até o retorno das atividades dos funcionários do transporte público.

– Tive que sair cedo de casa, arriscar a vida pra não ter como ir trabalhar. Ninguém avisou que teria paralisação e agora vou te que esperar. Quem acaba sendo prejudicado somos nós trabalhadores, que não temos nada a ver com o problema entre a empresa e os funcionários – desabafa.

Fonte: Jornal de Santa Catarina

Imagens


  • Autor: Foto: Adriano Lins/JSC