Três alunos da Apae de Ibirama são detidos após furtar micro ônibus

10/09/2018 19:53:00
"Sonho de um deles aprender a dirigir e ser motorista", diz delegado. Veículo chegou a colidir contra carro estacionado.

Três alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) foram detidos no domingo (9) após o furto de um micro ônibus em Ibirama, no Vale do Itajaí. Conforme a Polícia Civil, o veículo chegou a colidir em um carro estacionado. Após algumas manobras perigosas, a Polícia Militar interceptou o coletivo e o trio foi levado para a Central de Plantão Policial (CPP) de Rio do Sul e liberado após depoimento. Ninguém ficou ferido.

Os alunos têm 23, 22 e 13 anos. Em nota, a Apae disse que eles estão bem, com suas famílias e o caso está sendo apurado. A organização ainda diz que "a deficiência intelectual impossibilita que os envolvidos tenham discernimento para saber o certo e o errado".

De acordo com o delegado Thiago Cardoso Silva, responsável pela Delegacia de Ibirama, os três pegaram o micro ônibus por volta das 11h, no pátio da prefeitura do município. A chave do coletivo estava na ignição e o portão da prefeitura, aberto, conforme o delegado.

O ônibus seguiu desgovernado pelas ruas da cidade até ser parado no bairro Ponto Chic por policiais militares armados, seguindo o protocolo da PM, segundo a Polícia Civil. Até então, a polícia não sabia quem havia pego o veículo. Os três foram algemados e levados até a delegacia do município vizinho.

"Na delegacia nós entramos em contato com a diretora e a psicóloga da instituição que confirmaram o atraso intelectual deles. O ato fez parte desta instabilidade deles", disse Silva.

O delegado optou por não aplicar a sanção de furto para uso no caso pela inimputibilidade, ou seja, a incapacidade da pessoa responder pela conduta delituosa. O inquérito foi encaminhado para fórum e avaliação do Ministério Público.

"No depoimento eles deixaram claro que não queriam subtrair o bem. Era o sonho de um deles aprender a dirigir e ser motorista", completou o delegado. Os três alunos, que estudam na instituição desde 2012, foram levados aos responsáveis.

Sindicância

Em nota, a Prefeitura de Ibirama disse que registrou o boletim de ocorrência e abriu uma sindicância administrativa para verificar se houve negligência por parte de algum servidor em deixar a chave no ônibus.

Nota da Apae

"Viemos através desta, informar a população a respeito do fato envolvendo o nome de nossa Instituição ocorrido hoje, 09 de Setembro aqui em Ibirama.

Gostaríamos inicialmente, de informar que se tratam de 3 pessoas com deficiência que frequentam nossa Instituição para receber atendimento especializado.

A Deficiência Intelectual impossibilita que os envolvidos tenham discernimento para saber o certo e o errado.

Como Instituição, trabalhamos de todas as formas para promover o desenvolvimento integral dessas pessoas, incluindo orientações a suas famílias, e temos como base em nossa missão a garantia dos direitos aos nossos atendidos.

O que choca nessa situação é a forma como algumas pessoas estão relacionando o ato infracional com o fato de serem praticados por frequentadores de nossa APAE, fazendo-nos perceber como há pouco conhecimento do trabalho sério que realizamos e de como a Deficiência Intelectual implica no dia a dia dessas pessoas.

Você viu o furto de um veículo. Nosso aluno viu a realização do sonho de dirigir. Isso não anula de forma alguma o acontecido, que graças a Deus não implicou em uma situação ainda mais grave. Nossos alunos estão bem, cada um com sua família e o caso está sendo apurado como manda a Lei.

Peço por favor para treinarmos mais nosso olhar de empatia para a situação, e não conseguiremos isso através de piadas e comentários pejorativos, tanto para com a Instituição, quanto para os envolvidos. Peço ainda respeito para com os envolvidos e suas famílias, que já estão em uma situação bastante delicada.

Espero que situações positivas que envolvam a APAE de Ibirama e nossos alunos sejam tão amplamente divulgadas em redes sociais quanto a do caso ocorrido hoje".

 

Fonte: G1 SC

Imagens


  • Autor: Repodução